Rabbi

Bem, vou me limitar a dar a notícia e por hora, não tecer críticas. Eis que surge o Rabbi, um buscador aos moldes do Google, formado somente por empresas "cristãs" (na verdade, de empresários e profissionais "cristãos").

As aspas são propositais, afinal, oportunismo está em alta, mas por hora, como já disse, não posso tecer críticas, pois é uma ferramena nova e julgamentos precipitados são perigosamente pecaminosos.
De qualquer forma, achei muito interessante e faço minhas as palavras do site quando frisa ser formado por empresas cristãs "Quando estamos em família é mais fácil confiar". Espero que isso não seja somente mais uma teoria!

Parabéns aos idealizadores!

Paz!

Um comentário:

rabbi disse...

Obrigado pela postagem! Nós esperamos sinceramente que não fique só na teoria. abs e fique com deus