Não era pra ser romano?

Nas vésperas de minha viagem a Bueños Aires, onde lazer, design e igrejas irão se revezar em minha programação, eis que me chega a feliz notícia do lançamento do DVD "Liturgia da Santa Missa" do meu querido pe. Paulo Ricardo. Quem me conhece sabe que possuo uma particular admiração a este sacerdote, que é atualmente Vigário Judicial da Arquidiocese de Cuiabá.

Pe. Paulo Ricardo pregando na Canção Nova

A admiração vem do fato do discurso do pe. Paulo ser bastante moderado, sem ser radicalmente conservador ou muito menos ferozmente modernista, sobretu
do quando o assunto é "liturgia". Ele é o que chamo de "padre na linha Ratzinger", ou seja, um sacerdote fiel aos bons exemplos que o Santo Padre anda dando ultimamente, buscando retomar a sacralidade da celebração eucarística, tão perdida (e desrespeitada) em nossa pobre sociedade secularizada.

Mas enfim, notícia boa essa! Certamente o DVD servirá de base para os sacerdotes e leigos que empenham-se na correta e solene celebração da Santa Missa, bem como um tapa na cara de muita gente que adora discordar daqueles que chamam de "conservadores, tradicionalistas, etc". Nem vi o DVD ainda, mas se bem conheço o pensamento do pe. Paulo, recomendo que toda equipe de liturgia (acólitos, salmistas, leitores, min. extraordinários de comunhão etc) e todo sacerdote o compre.

O que me chamou atenção, no tocante ao objetivo deste blog, foi a capa do DVD. O pe. Paulo é sacerdote da Igreja Católica Romana de rito latino (ou romano, como queiram!), um dos 23 ritos existentes na Igreja, entre bizantino, alexandrino, armênio etc, igualmente reconhecidos por Ela e em plena comunhão com o Sucessor de Pedro, sem grau de importância que sobreponha um ao outro. O rito latino é o mais utilizado, pois é o rito oficial de toda igreja do ocidente, enquanto os demais ritos (também chamados de ritos orientais) são usados das diversas igrejas particulares em comunhão com Roma, formando todas juntas a Igreja Católica.

O que eu não entendi foi: por que num DVD que vem orientar padres e leigos quanto as questões litúrgicas referentes à celebração eucarística (Santa Missa) no rito latino, está estampada duas imagens características de outro rito, nesse caso, o bizantino? Na primeira capa temos a imagem de um sacerdote em vestes bizantinas (Epitrachilion e Felônion) segurando um turíbulo bizantino, enquanto na outra temos o interior de uma igreja bizantina, com direito a iconostasis e tudo mais (a não ser pelos bancos, que são primeiramente uma influência protestante e depois latina)! Dá uma olhada na imagem!
Nada contra o rito bizantino (não meeeesmo, pra mim é o mais lindo de todos! #prontofalei), mas é meio incoerente né? Tudo bem que todos os ritos são iguais em importância e dignidade, mas cada um possui sua identidade. Sinceramente não entendi! Mas já entrei em contato com pe. Paulo pra saber o porquê disso!

De qualquer forma, a capa ficou bem bonita né? =)

Pax et bonum!

4 comentários:

Antônio Marcos disse...

Olá. Tudo bem?
Parabéns pelo blog. Quase sempre estou aqui.
Se o pe. responder, poste pra gente.
abçs

HAGIA SOPHIA disse...

Encotrei ontem seu blog por um e-mail sobre sua palestra no São Bento agora em junho. Muito bom. Tenho um blog destinado a arte sacra e litúrgica com alguns aspectos teóricos interessantes. Se quiser ver é :http://atelierhagiasophia.blogspot.com
Sou Mir (Francisco Miranda). Vou naxar seu blog ao meu. Posso?

HAGIA SOPHIA disse...

Esqueci de lhe dizer que conheci pessoalmente o Pe Paulo Ricardo, quando ainda estava em Roma e trabalhava na Santa Sé junto à Secretaria de Estado e à Liturgia (1993). Ele me levou pra conhecer todo o Vaticano que é inacessível à maioria. Foi um longa e intensa visita.

Pablo Neves disse...

Caro Francisco, obrigado pelos comentários. Fique a vontade para anexar o blog. Ainda estou esperando a resposta do querido pe. Paulo. Paz e bem!